Levados Pela Poesia

segunda-feira, 12 de março de 2018

OP.22 N.03 - ESCRITOS INSTANTÂNEOS #3 - CÉUS

Nunca fui fã dos céus,
Nem claros, nem escuros,
São estáticos e plásticos,
Sem nenhuma emoção,
Como uma dama azeda,
Que só muda de cores,
Cada vez mais escurecida,
Até que se torne nada.

O transparente da noite,
Confundido com o preto,
Prova sua vã inexistência.

- Augusto Fossatti

Nenhum comentário:

Postar um comentário