Levados Pela Poesia

terça-feira, 13 de março de 2018

OP.1 N.01 - JANEIRO

O ano acaba e começa a mudança,
Todos vivendo, sentindo esperança!
Vamos em frente, é tempo de críticas,
Em metáforas fazemos nossas mímicas.

É tempo para falar de realidade,
Esquecer os prazeres fúteis da virgindade.
Janeiro é tempo para falar de nós,
Janeiro é tempo para ficar a sós.

Que passou, não mais, olhai para frente,
Tempo pra ver o futuro da gente.
Tempo pra ver se iremos mudar,
Tempo pra ver se iremos ficar.

A raiz do conhecimento aguarda,
Forte e sadio, a palavra é minha arma.
Janeiro não é tempo para sonhar,
Janeiro não é tempo para pensar em amar.

Ideias vão tentar analisar e implantar,
É tempo para respirar e transformar,
Sem ilusões e versões, meias-verdades,
Nós somos os verdadeiros donos da cidade.

Ofensas são parte de um dilema mortal,
A consideração é tentar ser um ser anormal,
Vou tentar decifrar minha alma perdida,
Revitalizar a minha ideia velha e esquecida.

O ano acaba e começa a mudança,
Todos vivendo, sentindo esperança!
Vamos em frente é tempo de críticas,
Em metáforas fazemos nossas mímicas.

- Augusto Fossatti

Nenhum comentário:

Postar um comentário