Levados Pela Poesia

terça-feira, 6 de março de 2018

OP.16 N.02 - CONFUSO

Quem me dera,
Poder viver, sentir, amar...
Quem me dera não precisar,
Agir, cansar, organizar.
Quem me dera,
Darem-me flores, beijos e amores,
Quem me dera,
Poder morrer completo, livre,
Sem dores.
Quem me dera,
Poder escrever até amanhã,
Quem me dera,
Não temer, não engolir rã.
Quem me dera,
Ser eu, ser alegre,
Ser Deus.
Quem me dera,
Ser um gato,
Com seu novelo de lã.

- Augusto Fossatti

Nenhum comentário:

Postar um comentário