Levados Pela Poesia

terça-feira, 6 de março de 2018

OP.18 N.01 - A MENINA DOS SEIOS

Ela olhou em meu solhos,
Eu olhei nos olhos dela.
Seu batom era vermelho,
Os teus seios eram fartos.

Ela vestia uma jaqueta azul,
Era jeans, e a calça preta.
Eu poderia tê-la gritado,
Mas não gritei, eu calei.

Suas curvas chamativas,
De moça recentemente feita,
Provocavam-me intensamente,
Porém, menos que teu rosto.

O teu rosto era divino,
Cheio de traços do norte,
Ela sorria, enfeitiçava-me,
Dilacerava meu espírito.

De repente ela desceu,
Do ônibus que nos carregava,
Eu segui viagem, e escrevi,
Para ela: algo que nunca lerá.

Sou tolo, ou idiota?
E para que perder meu tempo?
Eu queria ter dito a ela,
O que senti quando a vi,

Por dentro.

- Augusto Fossatti

Nenhum comentário:

Postar um comentário