Levados Pela Poesia

quinta-feira, 22 de março de 2018

OP.3 N.20 - TEU PERFUME

Cada suspiro, um prazer imenso,
Quando me toca fico enlouquecido,
Sinto-me tranquilo, feroz, não sei,
Mas cada vez que ouço a tua voz,
Sinto-me pleno, sábio e bem forte,

Cada parte de ti que posso tocar,
Leva-me às alturas de um palácio,
Aliás, agora que posso fazer isto,
Lembro-me de quando era só desejo,
Pois agora tenho tudo que almejo.

Ah! O seu rosto tão belo e perfeito,
Minha mão desliza em tua pele,
Pele morena, macia, tão confortável,
Seu corpo encostado e bem aquecido,
Sensações das quais havia esquecido.

Como é forte tudo isso que vivo,
Seu perfume ainda pode e me traz,
Sensações da loucura, uma saudade,
Mesmo que tudo tenha sido agora,
Não queria que tivesse ido embora.

Permaneço aqui imaginando você,
Cada momento, cada detalhe vivido,
Nada será facilmente deixado de lado,
Confio nisto e sigo assim bem convicto,
Dar isto a mim mesmo não é ilícito.

Ah! Que coisa mais inacreditável,
Agora não só pensando, é palpável,
Minha fantasia desde quando te notei,
Como um isqueiro queimando incenso,
Sinto em todo meu corpo o teu cheiro.

- Augusto Fossatti

Nenhum comentário:

Postar um comentário