Levados Pela Poesia

sexta-feira, 30 de março de 2018

OP.4 N.31 - BANHOS MOMENTOS

Banhos de vento, banhos de chuva,
Banhos de vida e de conhecimento,
Banhos quentes, banhos gelados,
Banhos de suor e banhos melados.

Banhos de tudo, ou banhos de nada,
Banhos sem roupa, com a pele pelada,
Banhos de felicidade, ou de tristeza,
Banhos que limpam toda impureza.

Banhos medo, ou banhos corajosos,
Banhos sem luz ou bem tenebrosos,
Banhos bem quentes, ou banhos frios,
Banhos gostosos na beira dos rios.

Banhos ferozes, alguns esquentando,
Banhos para a cabeça ir esfriando,
Banhos para prazer, para pensar,
Banhos para lazer, banhos para sonhar.

Banhos ousados, banhos tranquilos,
Banhos de fogo, ou banhos espinhos,
Banhos de mato, banhos de lama,
Banhos de sono, ou banhos de cama.

Banhos bem rápidos, ou demorados,
Banhos retrógados ou adiantados,
Banhos na rua, banhos de luzes finas,
Banhos chatos, ou bem engraçados.

Banhos sonolentos, banhos acordados,
Banhos de violência, ou banhos de paz,
Banhos fervendo, ou banhos normais,
Banhos de frente, de lado ou de trás.

Banhos de reflexões, banhos assim,
Banhos de banheira, ou de jardim,
Banhos no lago de acontecimentos,
Banhos horários, ou banhos momentos.

- Augusto Fossatti 

Nenhum comentário:

Postar um comentário