Levados Pela Poesia

domingo, 13 de maio de 2018

A QUEDA DAS PÉTALAS DA ROSA

Cores do dia queimam com seu significado:
Espírito de fogo.

Corra!
Fugindo se pode notar
O que não escapou dos olhos alheios,
O relato de empatia,
A consideração da razão.

Muito mais do que já se viu.
Isto é, se foi visto o pássaro preso.

Como o giro de pião,
Fora quebrado o ritmo do processo.

Observa a manhã
E imagina
Uma confiança
Bela,
Que o faz chorar.

Sente o que estava bem no passado,
Deixa para trás o que havia lhe abalado.
Eu sei que por que ele fugiu.

O que lhe mostram não é nada.
A sensação da mudança
Familiar:
Quem o concede a apresentação?

A luz interna,
Aquela que o aqueceu,
Passa a enganá-lo
E ele permite.

Compreende o amanhecer,
Percebe a verdade
E dá risada.
Vive uma mentira atraente...
Tão divertido é seu afligimento!

Vaga
E ignora o que ninguém pôde lhe dar.
Eu não sei,
Por que fugiu?

2013,
Thais Poentes

Nenhum comentário:

Postar um comentário