Levados Pela Poesia

domingo, 24 de junho de 2018

AMÁSIA

“Amo-te”, escreveu para mim.
Um grande impacto,
Tocou-me quando vi.
Palavras intensas,
Com a mesma profundidade
Da dúvida que carregam consigo.

Reli, “Amo-te”,
E sorri.
Imobilizada,
Quero saber,
Como?
E por quê?

“Amo-te”.
Receio um movimento,
Um suspiro.
Acho que a quero...

Consumo meu pranto,
Nunca tive escolha.
Ela assume o controle.

Embarco em um mundo
Onde ela está,
Meu coração implora
E pergunta
“Por que não?!”.

“Amo-te”.
Amo-te...

Março de 2013,
Thais Poente

Nenhum comentário:

Postar um comentário