Levados Pela Poesia

domingo, 24 de junho de 2018

PERDIDA

Tentada, tento cada tentativa,
Questiono minha capacidade,
Minha lucidez e relação com a vida.

Como ajeitar algo
Que desajeito constantemente?

Perdida estou,
Nos meus sonhos mergulho,
Foi o que restou
Para me ajudar.

Tenho pressa
E necessidades.
Estou reprimida,
Exijo liberdade!

Acharei no tempo
A demorada
Paz?

2012,
Thais Poentes

Nenhum comentário:

Postar um comentário