Levados Pela Poesia

domingo, 25 de agosto de 2019

ILUMINA-ME

Em teu caminho me traí,
Desmanchando-me por aí,
Simples assim,
Sem mais jardim.

Eu como escuridão
Tu como luz,
Devo me esquivar do clarão,
Pois é o que me reproduz.

A revolta retomou,
Tenho braveza,
Não me conformo, em meu gesto
Não haverá leveza.

O sentimento que não posso chamar de meu,
Sua beleza escurecida pela noite,
Estou longe de ser Romeu,
Mas me aproximo de sua morte.


Fevereiro de 2019,
Thais Poentes 

Nenhum comentário:

Postar um comentário